Iguaçú Contabilidade - Porto Velho/RO
A Empresa Estrutura Serviços Certidões Informativos ISO 9001 Notícias Links Úteis
 
 

29/04/2009

Provisão para o pagamento do 13º salário
Contabilidade - Provisão para o pagamento do 13º salário
Publicado em 29/04/2009 08:21
A provisão mensal para o 13º salário é uma prática pela qual são distribuídos, de maneira uniforme, por todos os meses do ano, os gastos incorridos com essa gratificação, para atender fielmente ao regime de competência, o que é indispensável nas empresas que levantam balanços ou balancetes durante o ano, para fins fiscais (apuração do lucro real), por exigência de legislação específica (da CVM, para as companhias abertas, do Banco Central, para as instituições financeiras, da Susep, para as empresas de seguros e outras) ou, simplesmente, para fins gerenciais.
 
 
O valor a ser provisionado é calculado na base de 1/12 da remuneração mensal dos empregados que tiverem trabalhado, no mínimo, 15 dias no mês, cabendo ajuste do valor provisionado nos meses anteriores na ocorrência de reajustes salariais.
 
Observa-se que, se a empresa não for tributada pelo Imposto de Renda com base no lucro real ou, mesmo estando sujeita a essa forma de tributação, optou pelo pagamento mensal do imposto por estimativa e somente venha a apurar resultados em 31 de dezembro, na data do levantamento do balanço anual, normalmente, já deverá ter quitado integralmente a gratificação natalina devida aos seus empregados no ano. Portanto, em tal hipótese, o provisionamento mensal do 13º salário não tem efeitos fiscais, exceto no caso de empresas industriais que tenham sistema de custos integrado e coordenado com a contabilidade geral, hipótese em que a não-constituição mensal da provisão provoca distorções no custo da produção mensal.
 
A provisão para o 13º salário e os respectivos encargos incidentes devem ser registrados como custo de produção, quando referentes ao pessoal de setores produtivos, ou como despesa operacional, quando referentes ao pessoal de setores de vendas ou administrativo, tendo como contrapartida as contas de “Provisão para 13º Salário” e “Provisão para Encargos Sociais sobre o 13º Salário”, ou, alternativamente, uma única conta de “Provisão para 13º Salário e Encargos Sociais”, classificáveis no Passivo Circulante.
 
O registro mensal da provisão pode ser efetuado por meio dos seguintes lançamentos:
 
D - 13º Salário (CR)
C - Provisão para 13º Salário (PC)
 
D - Encargos sobre 13º Salário (CR)
C - Provisão para 13º Salário e Encargos Sociais (PC)
 
Ou, alternativamente:
 
D - 13º Salário e Encargos Sociais (CR)
C - Provisão para 13º Salário e Encargos Sociais (PC)
 
CR = Conta de Resultado
PC = Passivo Circulante
 
 
 
Fonte: Editorial IOB
 
 
 
Mais notícias
[17/08/2018] - Trabalhista - Alterado o formulrio para requerimento de autorizao de residncia do imigrante perante o Ministrio do Trabalho
[03/08/2018] - Sped - Aprovada a nova verso do Manual de Orientao do Leiaute 6 da ECD
[06/06/2018] - ICMS/RO - Diversas alteraes no Manual de Orientaes da EFD
[09/04/2018] - Divulgados os coeficientes de atualizao das contas do FGTS para abril/2018
[06/02/2018] - TSE regulamenta as finanas e a contabilidade dos partidos polticos
[28/06/2017] - Tributos e Contribuies - Parcelamento de Dbitos no Regime Especial Unificado de Arrecadao - Microempresas e Empresas de Pequeno Porte - Alterao da Instruo Normativa RFB n 1.508 de 2014
[26/06/2017] - Trabalhista/Previdenciria - Ambiente de produo restrita para testes do projeto eSocial nas empresas ser disponibilizado a partir de 26.06.2017
[15/12/2016] - Responsabilidade solidria do contador
[19/09/2016] - Excluso de Ofcio de Pessoas Jurdicas do Simples Nacional
[05/09/2016] - Tributos e Contribuies Federais - Receita Federal republica atos com esclarecimentos sobre a aplicao da legislao tributria federal
 
 
 
2008 Todos os direitos reservados. Escritório de Contabilidade Iguaçu Ltda.